TRT confirma demissão por justa causa de colaborador que enviou dados para e-mail pessoal

O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, 2ª Região, endossou, na última semana, a decisão de demissão por justa causa de colaborador que encaminhou arquivos contendo dados pessoais e confidenciais do ambiente corporativo para seu endereço eletrônico pessoal, usando como fundamento a Lei Geral de Proteção de Dados.

O que o caso “Lojas Renner” ensina as empresas sobre proteção de dados.

A discussão acerca da proteção de dados no Brasil ganhou um novo capítulo, o ataque cibernético na quinta-feira,19, sofrido pelo e-commerce da Lojas Renner.

O ataque em questão é bastante conhecido no mundo virtual e tem nome próprio, ransomware, que consiste no uso de softwares para sequestro de dados de uma empresa ou de um órgão relevante e em troca os criminosos cobram resgates em quantias financeiras ou benefícios.

MPDFT obtém decisão que suspende comercialização de dados pessoais pela Serasa Experian.

Neste texto, você ficará sabendo sobre a decisão do MPDFT que representa um avanço no que diz respeito à aplicação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que garante a privacidade dos dados pessoais dos cidadãos nas empresas.

RA&A NA MÍDIA: A LGPD entrou em vigor!

Neste texto, você ficará sabendo o que é a LGPD e sua importância.

Este artigo foi publicado no Jornal O Povo.